DIFERENCIAL DE ALÍQUOTAS NA OPERAÇÃO INTERESTADUAL – ICMS NO PREÇO

Publicado em 01/07/2016
Imagem do Artigo DIFERENCIAL DE ALÍQUOTAS NA OPERAÇÃO INTERESTADUAL – ICMS NO PREÇO

De acordo com a regra prevista no Convênio 93/15 a base de cálculo para se chegar ao valor do diferencial deve ser única, ou seja, a mesma base servirá para cálculo do imposto próprio da operação interestadual e também para o cálculo do imposto devido para o estado de destino.
Desse modo ao definir o valor da mercadoria deve-se considerar o imposto todo que deverá ser pago na operação, por exemplo:
ICMS INTERESTADUAL = 12%
DIFERENÇA DE ALÍQUOTA = 6%
FUNDO DE POBREZA = 2%
Carga tributária total neste exemplo = 20%
Então dentro do preço deve considerar um ICMS de 20% para esta venda. Além disso os outros impostos devem ser considerados também como pis, cofins, etc.

Inscreva-se em meu canal no Youtube: 
https://www.youtube.com/Livrosped

Curta minha Fanpage:
https://www.facebook.com/tributarioexpert/

Já palestrei!

Palestra CIEE - Portal do SPED

Palestra CIEE - Portal do SPED

Palestra CIEE - Portal do SPED

Palestra CIEE - Portal do SPED

Curso do Portal do SPED em Atibaia

Curso do Portal do SPED em Atibaia

Curso do Portal do SPED em Atibaia

Curso do Portal do SPED em Atibaia

Palestra do Portal do SPED no Hotel Bourbon em Atibaia

Palestra do Portal do SPED no Hotel Bourbon em Atibaia

Palestra do Portal do SPED no Hotel Bourbon em Atibaia

Palestras do Portal do SPED no CRC

Palestras do Portal do SPED no CRC

Palestras do Portal do SPED no CRC

Palestra do Portal do SPED em Itamarati

Palestra do Portal do SPED em Itamarati

Palestra do Portal do SPED em Itamarati

Palestra do Portal do SPED em Itamarati

Palestra do Portal do SPED em Itamarati

Parceiros

Confidence

Incosystem    
Inobox Tecnologia